Em Breve!

Neuropsicologia Infantil Através de Casos Clínicos

Sinopse

Neuropsicologia Infantil – Através de casos clínicos, trata-se de um livro cujos protagonistas são crianças com diversos transtornos do desenvolvimento, suas famílias e os profissionais que os atendem. Uma aproximação à neuropatologia infantil a partir da neuropsicologia nos parece chave para compreender suas manifestações clínicas e para abordar sua avaliação e tratamento. A neuropsicologia infantil é uma disciplina que integra conhecimentos da neurociência do desenvolvimento e da psicologia evolutiva e clínica.
Os avanços no estudo do desenvolvimento do sistema nervoso estão permitindo conhecer sua configuração anatômica a partir de um padrão normal e as alterações que provocam as mutações genéticas ou os agentes teratógenos que interferem nas etapas de maturação. As técnicas de neuroimagem mostram as repercussões das ditas alterações em sua anatomia e no padrão de conectividade. As consequências funcionais, no entanto, devem ser estudadas com instrumentos de avaliação e procedimentos experimentais próprios da psicologia. A neuropsicologia infantil tem unido os conhecimentos de ambas disciplinas e tem construído provas específicas de avaliação e intervenção adequadas para a população infantil que apresenta dano cerebral adquirido ou transtornos do neurodesenvolvimento.
A abordagem de uma criança com uma neuropatologia pela neuropsicologia infantil permitirá entender o que pode estar ocorrendo em seu cérebro, correlacionar as possíveis anomalias cerebrais com as dificuldades cognitivas, emocionais ou comportamentais que se apresentem, selecionar as tarefas que melhor possam detectá-las, buscar as capacidades preservadas para potencializá-las e, a partir do perfil funcional obtido, elaborar um plano de intervenção que habilite, na medida do possível, as funções deficitárias; tudo isso com um olhar que valoriza não só o dado quantitativo, como também a análise qualitativa, que vê os avanços da criança em relação ao seu grupo normativo e com sua própria evolução. Este não é um livro dedicado à deficiência, mas sim ao estímulo e a habilitação das potencialidades que muitas dessas crianças podem adquirir. A obra termina, inclusive, com um capítulo sobre superdotação, o reverso da moeda dos casos anteriores. Trata-se de capacidades intelectuais excepcionais que, ao invés de tornar-se uma oportunidade única para a aprendizagem das crianças que as apresentam, com frequência tornam-se um problema de adaptação escolar. Os diferentes casos são abordados sempre de uma perspectiva multidisciplinar, em um diálogo permanente entre os profissionais envolvidos na assistência a essas crianças, um enfoque necessário para seu atendimento integral, que, infelizmente, nem sempre é realizado. Além do neuropsicólogo e do psicólogo clínico, escrevem profissionais de fonoaudiologia, neuropediatria, pediatria, assistência social, terapia ocupacional e fisioterapia. Como parte integrante e fundamental do processo evolutivo da criança, incluímos também a voz das famílias e o trabalho dos professores na escola.

Os Coordenadores:

Marisa Arnedo Montoro: Neuropsicóloga e Especialista em Psicologia Clínica Professora Titular de Neuropsicologia Faculdade de Psicologia, Universidade de Granada.

Judit Bembibre Serrano: Neuropsicóloga e Especialista em Psicologia Clínica Professora Contratada Doutora Interina Departamento de Psicologia Evolutiva e da Educação Faculdade de Psicologia, Universidade de Granada.

Armando Montes Lozano: Neuropsicólogo e Fonoaudiólogo Centro de Atendimento Infantil Precoce San Rafael Hospital Universitário San Rafael Ordem Hospitalar San Juan de Dios, Granada.

Mónica Triviño Mosquera: Neuropsicóloga e Coordenadora Centro de Atendimento Infantil Precoce San Rafael Hospital Universitário San Rafael Ordem Hospitalar San Juan de Dios, Granada.

Outras Obras

Neuropsicologia na Infância e Adolescência

Um Compêndio de Testes Neuropsicológicos

Neuropsicologia Através de Casos Clínicos